Congresso vai analisar MP que aumenta tolerância de carga de caminhões em rodovias

Congresso vai analisar MP que aumenta tolerância de carga de caminhões em rodovias
21 maio 2021

Transcrição
LOC: O GOVERNO EDITOU UMA MEDIDA PROVISÓRIA QUE AUMENTA OS LIMITES DE TOLERÂNCIA DE PESO POR EIXO NOS CAMINHÕES DE CARGA. LOC: A EMEPÊ FOI PUBLICADA NESSA QUARTA-FEIRA E COMEÇARÁ A SER ANALISADA PELO CONGRESSO NACIONAL. REPORTAGEM DE IARA FARIAS BORGES. TÉC: A Medida Provisória faz parte do programa Gigantes do Asfalto e aumenta os limites de tolerância de peso por eixo no transporte de cargas. Agora, na pesagem de caminhões, a tolerância do peso bruto total passará de 10% para 12,5% por eixo nas cargas acima de 50 toneladas. E para cargas inferiores 50 toneladas será permitido até 5% de excesso no peso. Durante a cerimônia de lançamento do programa, o ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que a ideia é evitar que os motoristas sejam multados por não aferir o peso por eixo na hora do carregamento, devido à dificuldade de distribuir as cargas de modo uniforme pela carroceria, bem como pela movimentação de cargas durante o transporte. (Tarcísio de Freitas): “Quantos caminhoneiros foram multados em balanças! Porque carregavam suas cargas, grãos, e durante o caminho esses grãos se movimentam e não tem como controlar o movimento da carga e aí para numa balança e houve um excesso de peso por eixo e aí vem a multa em cima. Severa.”. (Rep): Segundo o governo, o aumento da tolerância de peso das cargas não vai gerar impacto significativo na manutenção das rodovias. A emepê altera a lei que trata dos limites de peso bruto total e por eixo das cargas em caminhões, bem como o Código de Trânsito Brasileiro, que prevê as multas por excesso de peso. Agora, a Medida Provisória começa a ser analisada pelo Congresso Nacional. Da Rádio Senado, Iara Farias Borges.

Compartilhar: