Senado aprova o nome de Vilma da Conceição Pinto para a diretoria da IFI

Senado aprova o nome de Vilma da Conceição Pinto para a diretoria da IFI
08 jul 2021

Transcrição
O SENADO APROVOU O NOME DE VILMA DA CONCEIÇÃO PINTO PARA A DIRETORIA DA INSTITUIÇÃO FISCAL INDEPENDENTE. ELA É A PRIMEIRA MULHER A FAZER PARTE DO ÓRGÃO. REPÓRTER PEDRO PINCER: A Instituição Fiscal Independente do Senado vai ter sua primeira diretora. A indicação de Vilma da Conceição Pinto, que já tinha passado pelo aval da Comissão de Assuntos Econômicos, foi aprovada no Plenário do Senado. Criada em 2016, a Instituição Fiscal Independente do Senado busca ampliar a transparência nas contas públicas. A vaga havia sido aberta com a saída de Josué Pellegrini, que concluiu seu mandato de quatro anos na instituição. Durante a sabatina na CAE, Vilma Pinto comentou a situação fiscal do país. O déficit fiscal é persistente, de modo que estamos caminhando para o oitavo ano consecutivo nessa situação.É inegável que foram feitos esforços no sentido de reduzir essa trajetória, mas ainda há desafios a superar para alcançar o reequilíbrio fiscal com qualidade e eficiência dos gastos públicos. Podemos citar a necessidade de melhorar as políticas de assistência aos mais vulneráveis e retomar investimentos públicos eficientes A senadora Eliziane Gama, do Cidadania do Maranhão, destacou a trajetória da economista. Uma mulher negra, uma mulher intelectual, uma mulher competente, uma mulher que orgulha a todas as mulheres brasileiras. E nós, como mulheres, temos uma participação majoritária no estudo, nas universidades. Portanto, as mulheres estudam mais no Brasil, mas infelizmente a maioria absoluta das mulheres recebem, em média, um percentual bem abaixo em relação ao mesmo salário dos homens. Vilma da Conceição Pinto é graduada em economia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e mestre em economia empresarial e finanças pela Fundação Getúlio Vargas. Da Rádio Senado, Pedro Pincer.

Compartilhar: