Segurança e economia: saiba mais sobre a importância de instalações elétricas seguras e de qualidade

Segurança e economia: saiba mais sobre a importância de instalações elétricas seguras e de qualidade
09 set 2021

Transcrição
LOC: EM TEMPOS DE CRISE HÍDRICA É IMPORTANTE SE ATENTAR PARA A ECONOMIA DE ENERGIA ELÉTRICA EM NOSSAS CASAS. LOC: MAS TAMBÉM É BOM SABER QUE UMA INSTALAÇÃO FEITA COM QUALIDADE E SEGURANÇA PODE AJUDAR A ECONOMIZAR. REPÓRTER RODRIGO RESENDE  (Rodrigo) Falta de chuvas, alta demanda de energia, mudanças climáticas … um conjunto de fatores que deixa o Brasil neste momento em alerta em relação ao setor elétrico. O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, em pronunciamento no final de agosto pediu a colaboração dos brasileiros: Bento 1 – Que a nossa condição hidro energética se agravou. O período de chuvas na região Sul foi pior que o esperado como consequência os níveis dos reservatórios de nossas usinas hidrelétricas das regiões Sudeste Centro-oeste sofreram redução maior do que a prevista. (Rodrigo) Mas para o senador Randolfe Rodrigues, da Rede Sustentabilidade do Amapá, o reajuste da energia acaba prejudicando os mais pobres: Randolfe 1 – Nós estamos diante de uma grave crise hídrica que ameaça inclusive a interrupção do fornecimento de energia elétrica no país e em consequência disso houve mais um reajuste pelo menos quinze por cento na tarifa de energia elétrica (Rodrigo) Ideia compartilhada pelo senador Paulo Paim, do PT do Rio Grande do Sul: Paim 1 – Mais uma crise agora é a crise energética que se soma a econômica, social e sanitária. É lamentável que estamos passando por isso. Falam que poderemos ter racionamento, outros alertam para apagões. (Rodrigo) Mas se é preciso economizar, tanto por causa do valor da energia quanto de sua possível falta, é hora de ouvir os especialistas. Kaio Alencar, eletricista de Jaboatão dos Guararapes, em Pernambuco, manda logo a primeira ideia: Kaio 3 – Instalação elétrica bem feita, evita gastos e desperdícios. No entanto o que muitos desconhecem é que grande parte do consumo de energia elétrica é desperdiçado e isso ocorre por conta do modo de dimensionamento dos circuitos que começam a ficar sobrecarregados em função de equipamentos elétricos e eletrônicos. (Rodrigo) E é sempre bom contar com um profissional, como alerta o professor da área de automação de Joinville, Ricardo Serpa: Ricardo 1 – Todo tipo de trabalho necessita de uma especialização. Quando você procura um profissional da saúde, você acredita que ele tem a formação nessa área. Quando você procura um advogado, você também acredita que ele tem informação nessa área. Da mesma forma é necessário procurar um profissional capacitado dentro da área da elétrica porque esse profissional passou por um curso onde entendeu as atividades da elétrica, onde aprendeu sobre segurança voltada pra área da elétrica (Rodrigo) Mas não é só ter o profissional trabalhando para você. É necessário material de qualidade, principalmente pela segurança das instalações, como aponta o Ricardo: Ricardo 2 – Geralmente os materiais que tem um preço um pouco mais agregado, materiais de empresas conhecidas, materiais de empresas licenciadas e certificadas são empresas que passaram por certos regulamentos, inspeções, vistorias, que trabalham dentro de normas, normas que dizem exatamente como cada material deve ser deve ser utilizado (Rodrigo) Lá em Jaboatão dos Guararapes o Kaio Alencar não quer saber de material “mais ou menos”: Kaio 1 – é necessário trabalhar sempre com produtos de qualidade para certificar a segurança da parte elétrica do imóvel. Eh se os materiais não foram de boa qualidade ou a instalação não estiver funcionando corretamente a segurança estará em risco podendo haver incêndios ou circuitos e perdas de energia por exemplo pronto (Rodrigo) E o Kaio sabe muito bem o que pode acontecer por causa de economia com material. Ele mesmo conta um caso de um estabelecimento que perdeu tudo: Kaio 2 – E na hora de fazer a instalação ele preferiu usar material de má qualidade e com o tempo eles usando o condutor, o fio  não suportou a corrente que estava usando, estava usando o aparelho de maior potência do que o fio suportava. E foi esquentando e assim vindo o incêndio, causando incêndio no estabelecimento e fazendo perca total de tudo que tinha dentro (Rodrigo) É isso aí Kaio. Qualidade para evitar mais manchetes como essas na imprensa: (Marluce) AGÊNCIA BRASIL –  03 DE MAIO DE 2021: SOBRECARGA NA REDE ELÉTRICA CAUSA MAIS DE 50% DOS INCÊNDIOS DOMÉSTICOS – VG NOTÍCIAS – 15 DE JANEIRO DE 2021: NOVE PESSOAS MORRERAM EM MT EM ACIDENTES COM ENERGIA ELÉTRICA – PORTAL BEM PARANÁ: 01 DE ABRIL DE 2021: ALERTA: PARANÁ É O SEGUNDO ESTADO COM MAIS INCÊNDIOS POR SOBRECARGA E CURTO-CIRCUITO DIÁRIO DO NORDESTE – 09 DE MAIO DE 2021 – UMA CRIANÇA DE TRÊS ANOS MORREU APÓS RECEBER UM CHOQUE ELÉTRICO EM VÁRZEA ALEGRE, NO REGIÃO DO CARIRI. (Rodrigo) Outro ponto abordado por Kaio Alencar, e de grande importância pensando em segurança e economia, é a presença dos chamados “gatos”, ligações irregulares que podem trazer muita dor de cabeça … Kaio 4 – Que passa uma ratear o valor da energia roubada. Ou seja, aquele seu vizinho, o conhecido que rouba eletricidade está automaticamente dividindo a conta de luz com você. Existem ligações clandestinas de todos os tipos imagináveis, tanto em casos de periferia, quanto em condomínios de alto padrão. (Rodrigo) Diante da atual situação, até o presidente Jair Bolsonaro fez um apelo em uma de suas lives: Bolsonaro 1 – Fazer um apelo a você que tá em casa agora. Tenho certeza que você pode apagar um ponto de luz na sua casa agora. Eu peço esse favor pra vocês. Apague um ponto de luz agora. Ajude-nos. Assim está ajudando aí a economizar energia e a economizar água das hidrelétricas (Rodrigo) O professor Ricardo Serpa nos traz algumas dicas de como, com segurança e responsabilidade, conseguir economizar energia: Ricardo 3 – Primeiro lugar é uma instalação elétrica bem feita, bem dimensionada, bem agrupada, bem instalada. Depois é diminuir a utilização de equipamentos mais potentes como chuveiro, torneira elétrica, ferro de passar roupa, procurar diminuir a utilização de ar, procurar diminuir a utilização de equipamentos que tem muita potência, trocar lâmpadas antigas por lâmpadas LED, apagar lâmpadas que não estão sendo utilizadas em ambientes (Rodrigo) De acordo com o Anuário Estatístico de 2021 da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade ocorreram 691 mortes em 2020 em função de choques elétricos e 583 incêndios por causa de sobrecarga de energia, os chamados curtos-circuitos. Da Rádio Senado, Rodrigo Resende.

Compartilhar: